Mais de 400 operações de transporte promovem mais economia e produtividade com o Prolog

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Como gestores de alto nível fazem a gestão de pneus | com Júlio César

Confira os principais pontos levantados sobre gestão de pneus na live entre o CEO do Prolog, Jean Zart, e Júlio César da Contele Rastreador.
A live com Júlio César sobre gestão de pneus foi um sucesso.

“Como gestores de alto nível fazem a gestão de pneus”, esse foi o tema da live #90 no canal do Júlio César – Gestão de Frotas.

Júlio César já iniciou a transmissão dando um pequeno spoiler do que estava por vir, comentando que não é com planilha de controle de pneus, pois esta tem limitações. 

Ainda completou: “a live de hoje é um nível a mais”.

Veja agora todos os temas debatidos e as conclusões geradas.

Dificuldades na gestão de pneus

Os níveis de dificuldade na gestão de pneus podem variar desde quem já faz o controle e quer otimizar, até as pessoas que ainda não acreditam em tecnologia logística.

Como você pode perceber, a disparidade é gigante na questão “gestão de pneus”.

Inclusive, acaba não sendo um tema tão comumente falado.

Muito temos falado sobre gestão de frotas, na totalidade, e mesmo sobre manutenções. Mas, falando sobre pneus, o Prolog é um dos primeiros e principais hubs para encontrar informações e uma solução específica para controlar os itens.

E-BOOK
GESTÃO DE PNEUS

Economia e produtividade com a gestão de pneus.

Eu concordo com os Termos de Uso e aceito receber conteúdo educacional e promocional relacionado com os produtos e serviços da PrologApp.

Por onde começar

Jean indica começar pelo básico: fazer um controle de pneus. Isso significa saber qual a marca comprada, modelo, preço de compra, em qual posição o pneu foi aplicado, qual a quilometragem do veículo, e assim por diante.

“Muita gente não faz nem o básico, que é marcar o pneu a fogo.”

Sem essas informações, não existe gestão de pneus. Então, se você ainda não faz isso na sua frota, precisa começar imediatamente — e até mesmo contratar um gestor de pneus.

Inspeção de dados na gestão de pneus

A lógica é até simples:

Se você não monitora frequentemente os dados dos pneus, a profundidade da borracha, dos sulcos, faltam dados para analisar. Da mesma maneira, é preciso medir a pressão dos pneus.

Tudo isso, claro, deve ser feito com ferramentas que tragam precisão.

Problemas no processo manual

Jean fala sobre 4 possíveis problemas no processo manual de inspeção dos pneus:

  1. pouca precisão na parte da leitura e análise de dados.
  2. O processo manual é árduo e demorado, tendo pouco engajamento da equipe e prejudicando o cumprimento do cronograma.
  3. Existe um retrabalho. Afinal, é realizada a inspeção no papel, depois a digitação na planilha, e é necessária a análise de cada pneu individualmente para saber onde abrir cada ordem de serviço. Os dados acabam não sendo tão confiáveis.
  4. Os trabalhadores demoram mais tempo na inspeção dos pneus, fazendo menos funções durante seu período de trabalho.

Consequências

Todos esses problemas citados podem gerar consequências como:

Não ter dados para analisar e tomar decisões, não ter como calcular o CPK (custo por quilômetro) de cada pneu, entre outros. 

Para saber qual pneu é realmente bom, qual vale a pena, etc. tem que saber o CPK. Esse cálculo complexo só consegue ser feito com todas as informações do pneu, desde o valor até a quilometragem com a qual ele foi descartado.

Além disso, você precisa saber a profundidade para saber se o desgaste está regular. Sem essa informação e sem o controle de pressão dos pneus,  “salvar” a carcaça do pneu e ter a possibilidade de recapagem será bastante complicado.

Soluções para os problemas na gestão de pneus

O que fazer para evitar esses problemas e consequências?

Para começar, faça o cálculo da calibragem ideal. Ou seja, analise o desgaste dos pneus. Assim, em caso de irregularidade, ajuste a pressão (acima ou abaixo do utilizado no momento) e analise o desgaste dos próximos 4 a 5 meses. 

Em caso de continuidade da irregularidade, ajuste novamente “ao contrário” (se você aumentou no primeiro momento, diminua no segundo e vice-versa).

Aqui vai um adendo importante: a pressão ideal de trabalho é medida pelo tipo de veículo, pneu e viagem (considerar condições das estradas, tipo de estrada, distância percorrida, etc.).

Ferramenta do Prolog

A grande — e tecnológica — solução que trouxemos é, claro, o kit para gestão de pneus do Prolog, reunindo o kit aferidor e sistema digital de armazenamento e análise de dados.

Nosso profundímetro propõe encurtar o procedimento de inspeção dos pneus, facilitar o processo de coleta de sulcos e pressão. Ele conta com altíssima precisão, sendo totalmente tecnológico, e retira todo o retrabalho do processo.

Todos os dados coletados pelo aparelho são transmitidos via bluetooth para a base de dados do Prolog.

As ordens de serviço são abertas automaticamente, pois o sistema apresenta análises automatizadas. Desse modo, não é necessário ter um analista de pneus checando um por um para descobrir qual precisa de reparos ou descartes.

Inclusive, o sistema trata até de valores, fazendo os cálculos de CPK do pneu e da recapagem — por vidas.

Lançamento da parceria Contele Rastreador e Prolog

Após toda a conversa, apresentamos então essa nova parceria! 

Todos os usuários da Contele Rastreador terão desconto fixo mensal de 10% para fazer a assinatura da solução completa do Prolog. O kit inclui a sonda de aferição, a mangueira para medição da pressão, um smartphone com a pulseira e o acesso ao sistema.

Por que vale a pena? Fazer essa gestão de pneus dá muito ROI — em combustível, pneus e para as suas operações de transportes como um todo.

Conheça mais de nossa solução.

Bônus: tira-dúvidas no chat da live

Essas foram algumas questões que surgiram durante a apresentação de Jean e Júlio César:

Cada veículo tem que ter um equipamento ou ele serve para vários veículos?

Resposta: ele serve para vários. A recomendação é que seja adquirido um kit para cada garagem (filial, base de manutenção, borracharia, etc.) da operação.

Após x tempo de aluguel, o equipamento de torna propriedade do inquilino?

Resposta: O equipamento nunca se torna propriedade do inquilino, pois não faz sentido você adquirir a sonda de aferição sem ter o sistema. Eles estão atrelados. O modelo de aquisição é apenas por assinatura mensal.

Como o aparelho identifica o pneu para compilar os dados?

Resposta: Todas as movimentações são feitas de maneira digital no sistema do Prolog. Dessa forma, o sistema sabe qual pneu está em cada local.

Prolog é um software só de pneus ou é um software que contempla toda a manutenção?

Resposta: O principal foco é no modelo de gestão de pneus e um segundo módulo de checklist. 

Confira as respostas em mais detalhes e outras perguntas assistindo a live completa.

Autor

Luiz Felipe

Sócio fundador e CTO na Prolog App

Leia também

Que tal receber conteúdos incríveis como estes e totalmente de graça?

Inscreva-se e reveba as melhores dicas e novidades para melhorar os seus resultados e de sua operação na gestão de sua frota.

O Prolog utiliza as informações de contato fornecidas à nós para informá-los de nossos produtos e serviços. Você pode deixar de ser inscrito a qualquer momento. Para saber mais informações de como ajustar suas configurações de privacidade, confira nosso “Termo de Uso” e nossa “Política de Privacidade”.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Além destes, temos outros materiais para te ajudar na gestão de sua frota.

Soluções

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança.

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.