Mais de 400 operações de transporte promovem mais economia e produtividade com o Prolog

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Aumentar a vida útil de um pneu? Confira como alcançar esse objetivo

A vida útil de um pneu é de 60 mil km rodados, mas, com uma boa gestão de pneus, pode chegar até 80 mil. Leia mais sobre.
confira como aumentar a vida útil de um pneu

Já foi o tempo em que a vida útil de um pneu era cortada pela metade por conta da falta de cuidados.

Hoje, você tem acesso a muito conhecimento e ferramentas exclusivas para aumentar a durabilidade dos pneus da sua frota.

É muito mais vantajoso usar alguns minutos para realizar uma boa gestão de pneus do que tentar “compensar” erros no uso e manutenção dessas peças com “truques”.

Sabia que compensar uma sobrecarga com a calibragem de pneus maior do que a recomendada não é uma boa prática? Entre essa e outras ações de mesmo cunho, você está desperdiçando dinheiro e causando uma perda precoce dos pneus da sua frota.

Cuidados essenciais para aumentar a vida útil de um pneu

Algumas condutas que você e seus colaboradores podem tomar para aumentar a vida dos pneus são, na verdade, tarefas básicas e rotineiras.

Portanto, confira a seguir e comece a aplicar na sua frota imediatamente:

Revisar os pneus a cada 10mil km rodados

A revisão dos pneus pode (e deve) ser realizada juntamente do processo de manutenção preventiva, verificando calibragem e profundidade dos sulcos. Mas uma inspeção ainda mais completa deve ser feita a cada 10 mil km rodados.

O alinhamento e balanceamento são dois causadores de desgaste que são problemas simples de serem identificados e corrigidos. Caso contrário, podem gerar danos e quebras no veículo e até mesmo a perda do mesmo.

E-BOOK
GESTÃO DE PNEUS

Economia e produtividade com a gestão de pneus.

Eu concordo com os Termos de Uso e aceito receber conteúdo educacional e promocional relacionado com os produtos e serviços da PrologApp.

Verificar suspensão e geometria

Lembre-se sempre: não precisa esperar o veículo apresentar problemas para procurar o que está acontecendo. Por isso, você deve verificar também a suspensão e geometria dos veículos a cada manutenção preventiva.

Certifique-se de ter um cronograma e a lista de verificação para manutenções pré-definidas. Assim, os motoristas têm acesso facilitado e conseguem sempre manter os veículos bem cuidados.

Manter os pneus com a pressão correta

Fazer com que os pneus estejam com a pressão correta é simples: basta realizar a calibragem com frequência. A cada 15 dias é o mínimo, a cada 7 seria o ideal.

Para manter a pressão por mais tempo, é necessário fazer o procedimento com os pneus frios.

Fazer o rodízio quando necessário

Você com certeza já sabe que o rodízio de pneus é uma prática comum para aumentar a durabilidade dos mesmos. Mas, sabe por quê? Ele é um auxílio para que o desgaste seja regular em todos os pneus, tanto dianteiros quanto traseiros.

Para isso acontecer, você precisa estar constantemente acompanhando o desempenho dessas peças para entender a hora certa de fazer o rodízio.

Inclusive, o melhor estilo de rodízio está indicado no Manual do Proprietário de cada veículo.

Verificar o TWI

A sigla “TWI” é usada para falar sobre o “Tread Wear Indicator”, isto é: o indicador de desgaste dos pneus. Este é uma forma de relevo que há nos pneus e indica exatamente o que o nome propõe: o nível de desgaste.

Quando a banda de rodagem atinge o indicador TWI do pneu, é porque está na hora de realizar uma troca.

Limpar os pneus para retirar resíduos e detritos

Cada sujeira no pneu é um motivo de dano para este. Ou seja: a limpeza ajudará a aumentar a vida útil de um pneu. 

Se os detritos e sujeiras da estrada fazem mal para os pneus, um pneu encardido também sofrerá danos. Faz sentido, certo?

Causas de desgaste dos pneus

Essas foram as dicas para você aumentar a durabilidade dos pneus, mas que tal entender a razão por que acontece a perda precoce deles? Igualmente, será essencial para providenciar melhorias na sua frota.

  • Pressão alta ou baixa: ou o pneu estará murcho e em maior contato com o solo, ou estará em risco de tombar o veículo. Em ambos casos, o desgaste é excessivo e acontece de maneira irregular.
  • Estilo de direção do motorista: este deve ser defensivo, econômico e sustentável, priorizando a preservação do veículo e seus componentes. Qualquer freada fora de hora ou uma pisada mais forte no acelerador pode causar um desgaste desnecessário aos pneus.
  • Condições das estradas: não há muito como evitar pegar algumas estradas. Porém, é tarefa do gestor avaliar as rotas para combinar as melhores estradas com os caminhões e qual o pneu mais adequado.
  • Desalinhamento: quando o volante “puxa” para o lado significa que existe um problema de alinhamento. Isso é um perigo, pois desequilibra o veículo. 
  • Falta de balanceamento: agora, quando o veículo está trepidando e há “vibrações” no volante, é um problema de balanceamento.
  • Problema nos amortecedores e freios: os amortecedores fazem um papel importante na aderência do pneu com o solo, e os freios podem fazer o pneu realizar uma força maior para parar, aumentando o desgaste. Por outro lado, se o freio estiver mais forte do que deveria, pode desgastar-se pelo excesso de atrito.
  • Excesso de carga: o peso faz o pneu aumentar a área de contato com o chão e o veículo precisa fazer mais força para se movimentar. E não adianta acreditar que vai compensar o peso aumentando a calibragem do pneu, os riscos e consequências disto são gravíssimos.

Aprenda ainda mais sobre a Gestão de Pneus com o nosso ebook completo e totalmente gratuito: GUIA DA GESTÃO DE PNEUS

Autor

Luiz Felipe

Sócio fundador e CTO na Prolog App

Leia também

Que tal receber conteúdos incríveis como estes e totalmente de graça?

Inscreva-se e reveba as melhores dicas e novidades para melhorar os seus resultados e de sua operação na gestão de sua frota.

O Prolog utiliza as informações de contato fornecidas à nós para informá-los de nossos produtos e serviços. Você pode deixar de ser inscrito a qualquer momento. Para saber mais informações de como ajustar suas configurações de privacidade, confira nosso “Termo de Uso” e nossa “Política de Privacidade”.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Além destes, temos outros materiais para te ajudar na gestão de sua frota.

Soluções

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança.

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.

Gestão de pneus ágil e descomplicada para mais economia e segurança

Esqueça a papelada! O controle de sua frota na palma de sua mão.